Confira as 6 vantagens dos Fundos de Investimento | Focalise
Dicas

Confira as 6 vantagens dos fundos de investimento

o que é fundo de investimento
Focalise
Escrito por Focalise

Você conhece todas as vantagens dos fundos de investimentos? É muito comum que investidores conheçam uma série de conceitos, técnicas e estratégias voltadas ao mercado de investimentos, no entanto, poucos conhecem as grandes vantagens que algumas espécies de aplicações têm.

Conhecer esses benefícios e tão importante para o investidor quanto o próprio conhecimento técnico que se espera que eles tenham sobre determinada aplicação.

Foi pensando nisso que nós resolvemos escrever este artigo. Nele vamos mostrar 6 vantagens dos fundos de investimentos. Confira agora!

1. Facilidade de diversificação

Os fundos de investimentos possibilitam ao investidor comprar vários ativos com diferentes características, prazos, taxas e emissores.

Quando um investidor faz esse tipo de aplicação tem acesso a diversas carteiras, isso é um grande benefício que, traduzido para a linguagem popular, nos remete ao seguinte ditado: “não coloque todos os ovos em uma única cesta, pois se ela cair, todos serão perdidos”.

Para exemplificar, suponhamos que um investidor aplique todos os seus recursos em dólar e, por algum desarranjo na economia estrangeira, a moeda sofra desvalorização. Todo o dinheiro aplicado seria afetado.

Ou ainda, suponhamos que um investidor tenha seu dinheiro aplicado em ações de uma única empresa e esta empresa não proporcione os ganhos esperados. Todo o investimento seria prejudicado.

No entanto, apesar de os fundos serem compostos por vários ativos, a sua alocação nas carteiras deve seguir os limites definidos de cada categoria de fundo.

Por exemplo, um fundo de renda fixa deve ser composto de, no mínimo, 80% de ativos classificados como tal. Bem como os fundos acionários devem manter, pelo menos, 67% dos ativos da respectiva carteira em ações.

Atendendo a essas exigências específicas para cada fundo, o investidor poderá ficar à vontade para diversificar as aplicações em sua carteira de investimentos.

2. Aplicação com poucos recursos

Dentre as principais vantagens dos fundos de investimento está a possibilidade de aplicar uma quantia pequena, um excelente benefício para quem deseja começar a explorar esse mercado.

Geralmente, os fundos de investimento exigem um valor mínimo para que a primeira aplicação seja feita, bem como uma quantidade de dinheiro para os aportes realizados periodicamente.

Entretanto, apesar da exigência, esses valores costumam ser consideravelmente baixos. Alguns fundos permitem uma aplicação inicial de R$1.000,00, por exemplo.

Nos fundos de investimentos, mesmo aqueles que não possuem muitos recursos, podem ter carteiras diversificadas com produtos altamente sofisticados.

Tais ativos, muitas vezes, exigem altos custos para serem constituídos e, geralmente, um investidor com poucos recursos não conseguiria adquirir todos eles separadamente.

3. Gestão profissional da sua carteira

Além das vantagens dos fundos de investimento que mencionamos até agora, existe outro benefício que torna esse tipo de aplicação muito atrativa, que é a gestão profissional da carteira.

Isso implica dizer que os fundos são geridos por profissionais altamente qualificados no mercado financeiro, funcionando como uma espécie de assessoria de investimentos.

O trabalho desses profissionais é selecionar as melhores aplicações, bem como o valor que poderá ser investido em cada uma delas.

O objetivo deles é obter o máximo de retorno com o menor risco possível, podendo até mesmo superar a média do mercado.

Geralmente, os pequenos investidores têm suas próprias profissões, o que acaba fazendo com que eles não tenham muito tempo para lidar com investimentos e aprender mais sobre esse assunto, bem como se manterem informados sobre a conjuntura econômica do nosso país, que costuma mudar com muita frequência.

Sendo assim, contar com um gestor profissional torna-se uma das grandes vantagens dos fundos de investimento, tornando-os muito atrativos aos olhos dos investidores experientes e iniciantes.

Como o montante de recursos desse tipo de aplicação é muito grande e as carteiras costumam girar bastante, os gestores de investimentos conseguem reunir produtos financeiros sofisticados e altamente complexos que, muitas vezes, não poderiam ser acessíveis ao pequeno investidor.

4. Facilidade no pagamento de custos

Você deve estar se perguntando quanto deve custar para ter um gestor profissional de investimento cuidando exclusivamente de suas aplicações. Ou então: será que as taxas desse tipo de serviço são caras?

As vantagens dos fundos de investimentos não param por aí. O pagamento dos custos desses profissionais é diluído entre todos os investidores que possuem cotas no fundo, tudo de acordo com o nível de aplicação de cada pessoa.

À medida que o patrimônio do fundo aumenta, todos os custos envolvidos são proporcionalmente ajustados, fazendo com que o aumento dos custos seja realizado em forma de escada.

5. Facilidade no pagamento do Imposto de Renda e IOF

Outro benefício para o investidor é a facilidade no pagamento do Imposto de Renda (IRPF) e no Imposto sobre Operação Financeira (IOF) que, na maioria dos casos, é retido diretamente da fonte.

Ou seja, o investidor não precisa se preocupar com o cálculo do imposto de renda ou a necessidade de contratar um profissional para realizá-lo periodicamente.

O próprio gestor do seu fundo descontará os devidos valores, bem como enviará um relatório ao final de cada ano para ser informado em sua declaração do imposto de renda, facilitando em muito a vida do possuidor da aplicação.

6. Facilidade da análise de risco de crédito

Os ativos de fundos de investimentos são classificados de acordo com o grau de risco que cada um possui. Essa classificação é chamada de rating, especialmente utilizada para avaliar o risco de investimentos que não são aparados pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Ele é uma ferramenta de análise de risco de investimentos. Cada ativo é classificado com uma nota (rating) e, por esse ranqueamento, são selecionadas as aplicações que possuem o menor risco de darem prejuízo.

Existem empresas que realizam a busca e análise dessas classificações, são as chamadas agências de classificação de risco ou agências de rating.

O objetivo dessas empresas é buscar — por solicitação de um ou vários clientes — determinados ativos ou produtos financeiros, sejam eles de empresas, do governo ou de outros países, para avaliá-los e atribuir notas segundo o grau de risco que eles oferecem.

Com base nessa classificação um investidor, mesmo que inexperiente, pode optar por escolher os títulos que possuem os menores riscos do mercado.

Gostou deste artigo sobre as vantagens dos fundos de investimento? Que tal receber informações sobre esse mercado gratuitamente diretamente em seu e-mail? Então assine nossa newsletter para não perder nenhum assunto ou dica que publicarmos em nosso blog!

Sobre o autor

Focalise

Focalise

A Focalise surgiu da necessidade dos investidores em ter um ambiente para o debate, educação e apoio às decisões no mercado de capitais.

Buscamos informar, orientar, educar e oferecer serviços que facilitem o entendimento e a identificação das oportunidades de investimentos.

Share This
Navegação
[d]
[d]
[d]
[d]