Educação Financeira - O que é e como aplicar na vida
Finanças Pessoais

Educação Financeira – O que é e como aplicar na vida

onde investir 300 mil
Focalise
Escrito por Focalise

A Educação Financeira é uma maneira prática e eficiente de organizar o seu dinheiro no dia a dia, criando metas e separando o que pode ser gasto e o que deve ser poupado. É uma maneira de valorizar ainda mais o trabalho, administrando os seus ganhos com responsabilidade.

Também não é exagero afirmar ainda que a Educação Financeira é um método eficiente também de cuidar da sua saúde, pois muitas vezes males como depressão e insônia são ocasionados justamente pelo acúmulo de dívidas e gastos excessivos.

Além do mais, é importante mencionar também o que NÃO é Educação Financeira. Sendo assim, vale dizer que ela não é uma desesperada mania de economizar, pois ela não incentiva as pessoas a nunca abrir a carteira.

Pelo contrário, a Educação Financeira ensina que é importante manter um equilíbrio, saber como e quanto deve ser poupado e o quanto deve ser gasto. Ela também ensina que administrar o seu dinheiro é uma questão de hábito, algo que deve ser posto em prática diariamente.

E falando em prática e hábitos, é importante seguir algumas dicas que vão auxiliar você a ter um amplo controle das suas finanças, mostrando que é possível chegar no final do mês sem se desesperar ao olhar as contas para pagar.

Repare que são dicas simples e podem ser postas em prática por qualquer pessoa, inclusive, a tecnologia é uma grande aliada para isso. Então tome nota!

É importante que tudo tenha início graças a um objetivo. Assim como o foco de um alpinista é chegar ao topo de uma montanha, o grande objetivo de quem decide organizar as suas finanças é chegar ao final do mês com dinheiro para pagar as contas e ainda ter uma reserva para as atividades de lazer.

Por essa razão, é válido estabelecer metas e objetivos de acordo com a sua realidade cotidiana e profissional. Quer poder realizar uma grande viagem nas férias? Economize os seus lucros pensando com o intuito de cumprir esse objetivo.

Quer comprar um carro dentro de dois anos? Então mantenha uma poupança para realizar essa façanha. Note que é bom determinar um período máximo de tempo para que esses objetivos sejam atingidos.

Foi mencionado mais acima que a tecnologia é uma grande aliada de quem almeja aplicar a Educação Financeira no dia a dia. Isso é evidente graças às várias alternativas de aplicativos que auxiliam na administração do seu dinheiro.

O fato é que com apenas alguns toques no seu smartphone você terá condições de organizar, categorizar e separar quais serão os gastos essenciais e quais serão os supérfluos no seu cotidiano.

Um dos bons aplicativos para essa função é o Mobills. Ele é gratuito, porém existem versões pagas com mais recursos. Entre as funcionalidades dele, vale citar que ele permite traçar gráficos de metas e objetivos, controle de cartão de créditos e ainda é responsivo.

Além do Mobills, há alternativas de aplicativos, como, por exemplo, o Organizze, o Guiabolso e o Minhas Economias.

Na hora de traçar um objetivo, esteja ciente de que percalços vão surgir no meio do caminho. Uma doença, uma demissão, uma reforma urgente na casa, todos esses imprevistos estão aí para isso mesmo: atrapalhar.

Felizmente é possível minimizar o estrago se você estiver preparado para eles. Para isso é que serve manter uma determinada quantia de reserva. 

Os aplicativos, nesse caso, são bastante úteis, pois possuem recursos que auxiliam você a ter uma noção precisa de quanto é ideal economizar.

O preço de algum produto é a quantia que você paga por ele. Um smartphone, uma calça ou até mesmo um apartamento e qualquer outro bem custam um determinado preço. 

Já o valor é o quanto aquele produto que você comprou vai custar em longo prazo. Um exemplo pode ser a compra de um casaco caro feita por impulso. O casaco teve um prazo, mas o valor gasto vai ser percebido depois de algum tempo.

Quando você sentir que a sua vida financeira adquiriu certa estabilidade, você tem a alternativa de adquirir mais dinheiro investindo em um projeto na internet. Nesse caso pode ser um blog ou até uma loja virtual.

A web atualmente proporciona uma série de opções para quem quer algum dinheirinho a mais, facilitando inclusive na sua gestão das finanças diárias. Sendo assim, você pode aprender como criar um blog ou site e investir na produção de conteúdo.

As pessoas estão sempre em busca de conteúdos de qualidade e úteis. Se você entende de informática, ou de culinária, ou qualquer outro assunto, pode lucrar compartilhando os seus conhecimentos sobre isso.

Não é à toa que ela é uma questão de hábito, que deve ser aplicada diariamente e em diversas situações.

Portanto, siga essas dicas e veja como não é preciso fazer mágica para sempre ter uma reserva de lucro na sua conta. Tudo é uma questão de disciplina.

escrito por Alan Medeiros

Sobre o autor

Focalise

Focalise

A Focalise surgiu da necessidade dos investidores em ter um ambiente para o debate, educação e apoio às decisões no mercado de capitais.

Buscamos informar, orientar, educar e oferecer serviços que facilitem o entendimento e a identificação das oportunidades de investimentos.

Share This
Navegação
[d]
[d]
[d]
[d]