BBB 22: Dá para viver de renda com R$ 1,5 milhão? Saiba como calcular
Finanças Pessoais Renda Fixa Renda Variável

BBB 22: Dá para viver de renda com R$ 1,5 milhão? Saiba como calcular

Focalise
Escrito por Focalise

Veja o quanto esse montante renderia por mês e saiba fazer o cálculo do prêmio ideal para você poder viver de renda

Fonte: XP Investimentos

O reality show Big Brother Brasil 2022 está na reta final. Você pode ou não gostar do programa, mas o prêmio de R$ 1,5 milhão prometido ao vencedor do BBB 22 cairia bem no seu bolso, não é mesmo? Será que esse dinheiro é suficiente para viver de renda? Veja abaixo o quanto esse montante renderia por mês e saiba fazer o cálculo do prêmio ideal para você.

Montamos uma simulação com o valor de R$ 1,5 milhão em quatro diferentes opções: diretamente na famosa poupança, investido no fundo Trend DI Simples, que acompanha o CDI, ou por meio das nossas carteiras “Viver de Renda” com recomendações exclusivas para quem deseja aquela renda passiva mensal. Confira a seguir:

Ativo
Valor investido (em reais)

Rentabilidade média mensal atual (12 meses)
Retorno mês anterior
(mar-2022)
Rendimento mensal líquido – sem mexer no principal investido, mas resgatando o rendimento do período
(em reais)
Poupança1.500.000,000,35%0,60%9.000,00
CDI1.500.000,000,52%0,92%
10.695,00
Carteira Viver de RendaValor investidoRentabilidade média mensal atual (12 meses)Taxa de dividendo mensal (mar-2022)Rendimento líquido em março – apenas com dividendos, sem necessidade de resgatar rendimento do período
(em reais)
Moderada1.500.000,000,83%0,58%8.700,00
Agressiva1.500.000,001,16%0,84%12.600,00

Rendimento mensal e dividendos

Ao olhar para a tabela, o investidor pode pensar, equivocadamente, que ao aplicar na poupança terá valor mensal superior ao da carteira viver de renda moderada. Na verdade, na carteira viver de renda, o investidor tem duas receitas distintas: além do rendimento mensal, que está em média 0,83% nos últimos 12 meses, contra a poupança de 0,35% para o mesmo período, ele também terá a taxa de dividendo mensal, que está em 0,58%. Ou seja, receber retornos de duas formas.

A taxa de dividendo mensal é calculada dividindo o valor dos proventos que a empresa paga pela cotação da sua ação, e representa a taxa de retorno que o investidor teria apenas com a distribuição de dividendos. Isso não quer dizer que o investimento não pode gerar outros rendimentos, como valorização de preço ao longo do tempo. Ou seja, diferentemente da poupança, que teve rendimento de 6,44% nos últimos 12 meses, ao escolher pela carteira Viver de Renda, que teve desde seu início em abril de 2021, um rendimento de 16,5% para a carteira moderada e de 22,3% para a carteira agressiva, o investidor também terá creditado em sua conta os dividendos mensais.

Para a carteira agressiva, o dividendo yield esperado está em 10,1% a.a e, para a carteira moderada, está em 7,0% a.a.  Isso quer dizer que, além de ver o patrimônio crescer/variar ao longo do tempo, é possível receber esse retorno mensal em sua conta por meio de dividendos.

Qual sua tolerância a riscos?

Mas atenção: quando falamos de carteiras que pagam dividendos por meio de fundos imobiliários e ações, estamos falando de investimentos em renda variável. Dessa forma, a tolerância a riscos se torna um fator de extrema relevância.

Vale ressaltar que a inflação não foi levada em consideração na simulação, e que aqui temos dois tipos de alocações distintas: aquela que o investidor recebe rendimentos apenas da valorização de preço dos ativos no mês (poupança e CDI), e a segunda opção, que além de ter o rendimento dessa valorização o investidor recebe dividendos mensais isentos de IR diretamente em sua conta. Na simulação também consideramos imposto, sendo de 22,5% para o fundo Trend Di Simples.

Quanto preciso para viver de renda?

Já vimos as estimativas de quanto o prêmio do BBB 22 renderia. Se você achou os valores muito acima ou abaixo da sua expectativa para viver de renda, veja como calcular qual seria o ideal para você.

Primeiro, para viver apenas dos rendimentos de investimentos, é preciso ter planejamento, diversificação e alinhamento de expectativas.

O cálculo necessário para chegar ao valor aproximado do patrimônio que você deseja para começar a viver de renda precisa levar em consideração a inflação do período, para garantir que sua rentabilidade real seja positiva.

Sabemos que não é uma tarefa trivial realizar projeções de inflação e, por esse motivo, para simplificar o cálculo, o investidor pode tomar como base os retornos esperados do relatório 5 anos em 5 minutos, elaborado pelo time da XP Allocation.

Considerando uma rentabilidade de 7,9% ao ano acima da inflação (retorno esperado para a carteira Visionária), é possível realizar o seguinte cálculo:  

  1. Determine o valor da renda mensal esperada para atingir seu objetivo: podemos colocar aqui um investidor que deseja receber R$ 5.000,00 por mês, por exemplo.
  2. Sua idade atual precisa ser levada em consideração, por isso determine até quando você pretende guardar. Ex: Tenho 25 anos e quero me aposentar com 50 anos.
  3. Por quanto tempo deseja receber o dinheiro? De forma vitalícia sem mexer no patrimônio, como o exemplo demonstrado acima? Ou deixando um valor para seus herdeiros? Outra opção é determinar até quantos anos você deseja receber esse dinheiro, por exemplo: quero me aposentar aos 50 anos e receber essa renda até 80.
  4. Leve em consideração quanto você já tem guardado.
  5. Abra o simulador da XP Seguros e descubra quanto você precisa guardar por mês para atingir esse objetivo.

Um investidor que tem 20 anos e quer se aposentar aos 50, recebendo R$ 5.000 por mês e recebendo os recursos a vida inteira sem mexer no principal investido, deve aplicar, mensalmente, R$ 756,17, por 30 anos, para acumular um patrimônio de R$ 884.306,94. Com isso, ele poderá receber essa renda R$ 5.000,00 de forma vitalícia. Abra o simulador e faça já o cálculo para os seus objetivos.

Sobre o autor

Focalise

Focalise

A Focalise surgiu da necessidade dos investidores em ter um ambiente para o debate, educação e apoio às decisões no mercado de capitais.

Buscamos informar, orientar, educar e oferecer serviços que facilitem o entendimento e a identificação das oportunidades de investimentos.

Share This
[d]
[d]
[d]
[d]