Fabiana explica como conseguir o enriquecimento rápido e lícito!
Finanças Pessoais

Fabiana explica como conseguir o enriquecimento rápido e lícito!

como enriquecer rápido
Focalise
Escrito por Focalise

Qualquer pessoa sonha em ser bem-sucedido profissional e financeiramente. Afinal, o desejo pelo conforto, futuro seguro e a satisfação de ter conquistado o sucesso são sentimentos universais.

Comigo não foi diferente! Para conquistar esses sonhos tive que superar muitos desafios e aprender coisas novas, mas a perseverança me mostrou como o enriquecimento rápido e lícito é possível.

Com o objetivo de demonstrar como você pode alcançar seus objetivos, eu, Fabiana, contarei como foi a minha trajetória no mercado financeiro, orientando sobre os obstáculos que devem ser superados, caminhos a serem tomados, erros evitados e, no fim, vou mostrar os resultados que conquistei. Acompanhe!

O sonho do enriquecimento rápido e lícito

Sempre fui uma pessoa trabalhadora, e graças a minha dedicação, estudos e esforço consegui um emprego com uma excelente renda. Por isso, antes de começar a trajetória do enriquecimento rápido e lícito eu já tinha uma reserva financeira. No entanto, eu deixava tudo na poupança e, por isso, o dinheiro não rendia praticamente nada.

Apesar da minha renda ser boa, eu não estava satisfeita, já que almejava um futuro seguro, estável e farto para meus filhos. Por muito tempo a ideia de enriquecer parecia muito distante! Eu pensava que somente pessoas que já eram ricas ou gênios que desenvolviam tecnologias poderiam atingir esse objetivo.

Contudo, percebi que vários colegas de trabalho e amigos faziam investimentos melhores e conseguiam bons resultados, ou seja, eles conseguiam enriquecer! Logo pensei: “assim como eles, também sou capaz de construir minha riqueza“.

No começo eu tive muita relutância, visto que sair da zona de conforto é uma tarefa árdua, principalmente quando você já tem estabilidade financeira. Porém, me lembrei que para conseguir o que eu já tinha naquele momento, precisei sair da zona conforto e, portanto, era capaz de atingir meus sonhos desde que eu me esforçasse e persistisse.

O aprendizado sobre o mercado financeiro

Resolvi aprender sobre investimentos na internet e pesquisei no Google artigos, e-Books e guias sobre o tema. Para a minha surpresa, me deparei com uma extensa área de estudo, pois são inúmeros tipos de investimentos, fatores, taxas, índices etc.

Para auxiliar você nesse caminho, adiantarei alguns que você encontrará nos seus estudos. Primeiramente, os investimentos são separados conforme as suas características. São elas:

  • risco: baixo, médio ou alto risco de perda, sendo que os ganhos aumentam com o risco;
  • prazo: o retorno financeiro pode ser a curto (de 3 a 12 meses), médio (entre 1 e 5 anos) e longo prazo (acima de 5 anos);
  • fixação: nos investimentos prefixados é possível saber o percentual do rendimento antecipadamente, no pós-fixado os ganhos podem variar;
  • rentabilidade: pode ser predefinida e fixa, ou por indexadores, sendo variável.

A partir desses conceitos, aprendi que os investimentos se dividem em dois grandes grupos: os de renda fixa e os de renda variável. No primeiro, o investidor tem um crescimento gradativo e acumula riqueza aos poucos. Nesse tipo, o risco é baixo e, por isso, é um caminho mais seguro a trilhar.

Já na renda variável, os retornos são em curto prazo e a rentabilidade mais vantajosa. Apesar de existir o risco de perda, é possível reduzi-lo com uma boa consultoria ou experiência na área.

Para que você entenda melhor, veja alguns exemplos:

Renda fixa

  • tesouro direto: nessa alternativa, você compra títulos do governo e recupera o valor posteriormente;
  • previdência privada: são planos onde o investidor aloca capital mensalmente para recuperá-lo anos depois;
  • seguros: existem coberturas que são uma espécie de aposentadoria em razão da sobrevivência do segurado;
  • fundos de investimento: aplicação em que várias pessoas investem dinheiro em conjunto.

Renda variável

  • ações: aquisição de ações na Bolsa de Valores (BOVESPA). Os ganhos são as variações de seus preços;
  • fundos de ações: fundos em que são adquiridos diversas ações;
  • fundos imobiliários: fundos para adquirir imóveis e obter ganhos com aluguéis;
  • fundos multimercados: aglomerado de vários tipos de investimentos.

O caminho a ser trilhado

Diante de tantas opções, fiquei insegura em realizar os investimentos, afinal, eu não entendia tanto sobre o assunto ainda. Isso quase me levou à procrastinação, já que à primeira vista o sonho parecia se distanciar cada vez mais.

Contudo, eu continuei estudando sobre o assunto e descobri que existem diferentes tipos de investidores:

  • conservador: tem pouco conhecimento e não tolera riscos. Deseja somente investimentos seguros e busca retornos previsíveis;
  • moderado: gosta de investimentos, mas faz poucos investimentos arriscados;
  • dinâmico: tem condições e vontade de ter ganhos mais expressivos, mas ainda faz investimentos fixos por segurança;
  • arrojado: não vê problemas em correr riscos e deseja altos retornos a um curto prazo.

Naquele momento eu era conservadora, mas como meus objetivos não eram compatíveis com o meu perfil, eu precisava me esforçar para alterá-lo. O que não foi uma tarefa fácil, já que havia diversos conflitos no caminho, como:

  • mudança de rotina: tive que reservar um tempo para estudar sobre o assunto;
  • necessidade de poupar: eu precisava separar um percentual da renda mensal para destinar aos investimentos;
  • busca de uma empresa auxiliadora: como eu não trabalhava exclusivamente com investimentos, precisava do suporte de uma empresa especializada no ramo. No meu caso foi a Focalise.

O resultado da insistência e perseverança

Conforme fui estudando, eu aprendi como funcionavam os juros compostos nos investimentos e, nesse momento, descobri como poderia fazer o dinheiro trabalhar para mim. Basicamente, eles consistem na aplicação de juros sobre juros, e isso significa que os ganhos aumentam de forma exponencial.

Por exemplo, imagine um capital com aplicação inicial de R$ 1.000,00, com ação dos juros compostos de 10% ao mês, durante 6 meses. O retorno será de apenas R$ 1.600,00, pois o percentual também incidirá sobre os juros do mês passado.

Veja quais seriam os resultados de cada mês, com os juros comuns e os acumulados, respectivamente:

  • 1º mês: R$ 1.000,00 — R$ 100,00 — R$ 100,00;
  • 2º mês: R$ 1.210,00 — R$ 110,00 — R$ 210,00;
  • 3º mês: R$ 1.331,00 — R$ 121,00 — R$ 331,00;
  • 4º mês: R$ 1.464,10 — R$ 133,10 — R$ 464,10;
  • 5º mês: R$ 1.626,24 — R$ 146,41 — R$ 610,51;
  • 6º mês: R$ 1.778,86 — R$ 161,05 — R$ 771,56.

Perceba que, graças aos juros acumulados nos seis meses, o investidor conseguiria R$ 171,56 a mais. Assim, quanto maiores os prazos dos investimentos, maiores são os retornos. Esse entendimento me entusiasmou a fazer investimentos a prazos maiores, pois em um período de 10 ou 20 anos, eu percebi que conseguiria o enriquecimento rápido e lícito.

Os resultados conquistados

Havia uma ampla gama de alternativas que eu poderia escolher para realizar investimentos, já que tanto os investimentos a curto prazo quanto os a longo prazo me proporcionariam resultados positivos.

Por essa razão eu decidi diversificar minha carteira de investimentos, que é uma estratégia onde eu aproveito do melhor dos dois mundos: a segurança dos ganhos e os retornos elevados. Assim, a minha carteira é composta de tesouro direto, fundos imobiliários, ações, mercado do futuro e até robôs investidores.

Graças a um bom planejamento, dedicação, estudos e, principalmente, uma boa consultoria para investimentos, eu fiz simulações de como poderia alcançar meus objetivos e agora tenho certeza de que conseguirei cada vez mais sucesso. Portanto, acredite: é possível o enriquecimento rápido e lícito!

Compartilhe minha história nas suas redes sociais, para que ela também ajude a incentivar um amigo!

Sobre o autor

Focalise

Focalise

A Focalise surgiu da necessidade dos investidores em ter um ambiente para o debate, educação e apoio às decisões no mercado de capitais.

Buscamos informar, orientar, educar e oferecer serviços que facilitem o entendimento e a identificação das oportunidades de investimentos.

Share This
Navegação
[d]
[d]
[d]
[d]