Qual o melhor combustível para os seus investimentos?
Carta do Economista

Qual o melhor combustível para os seus investimentos?

Qual o melhor combustível para os seus investimentos?
Mateus Weirich
Escrito por Mateus Weirich

Não há como negar que, nos últimos dias, o debate sobre o preço dos combustíveis está mais na boca do povo do que a provável escalação do Tite para a estreia do Brasil na Copa do Mundo.

Eu, particularmente, fico feliz com isso. Acredito que um dos pilares fundamentais da economia de um país deve estar na frente de sua paixão nacional. Todavia, não adianta debatermos um assunto de alta complexidade sem as informações estarem claras.

Pela manhã, ao levar meu filhote para a escolinha, fui escutando uma das rádios mais ouvidas pelos gaúchos. Para minha surpresa, um dos interlocutores falou em monopólio da Petrobrás e da dificuldade das distribuidoras em importar derivados.

Acredito que isso é um debate que deveria estar encerrado há 21 anos. Em 1997 foi aprovado a Lei nº 9.478 (mais conhecida como Lei do Petróleo) que tirava das mãos da Petrobrás o monopólio desse insumo.

Sobre a importação, o centro do questionamento social é justamente esse! O não entendimento de grande parte dos manifestantes sobre a escolha (da atual gestão da empresa) de trabalhar com 40% de ociosidade nas plantas de refino para privilegiar justamente a importação de derivados e o repasse de fatores como o dólar e o preço do barril no mercado internacional para o tanque do consumidor.

Tem, também, nome importante do mercado financeiro e que, atualmente mora fora do país, fazendo comparações mal embasadas entre a Petrobrás e companhias estrangeiras em seu Twitter. O método utilizado foi a famosa “conta de padeiro”, deixando de lado um fator extremamente importante para esse setor: a Geopolítica Mundial do Petróleo.  

Penso que uma argumentação equivocada pode estar fundamentada por falta de informação ou por uma dose de “má intenção”… No caso dos radialistas, era visível a falta de informação, o que não pode ser percebida no caso do brasileiro “made exportação”.

E você?

Vai deixar que seu dinheiro siga argumentações “má intencionadas”? Creio que não!

Mas Mateus, como conseguir fugir disso?

A resposta é simples: INFORMAÇÃO!!

E para isso, nós da Equipe Focalise podemos lhe auxiliar! Em nosso blog(Blog Focalise), você pode navegar por inúmeros artigos e materiais informativos sobre ativos financeiros, plataformas operacionais, estratégias de investimentos e assessoria especializada.

Temos também parcerias que podem te auxiliar a ir mais além, pois aqui, temos a convicção de que informação nunca é demais!

Nossos “parças” do Guia Invest estão com um curso que, na minha opinião, é DIFERENCIADO!

Mas por que diferenciado?

Eu adoro assimetrias. E assimetrias em mercado de renda variável sempre trazem oportunidades.

Mas, especificamente, a que me refiro? Vamos nos concentrar no cenário atual. Esta queda de 25%, de 30% ou de até 40% nos preços de algumas empresas, trazem uma correlação direta com sua performance?? Eu afirmaria, com uma certa dose de convicção, que não. Aqui o sistema age como soberano na formação de preços e não por uma razão intrínseca ao modelo ou performance do negócio.

OK Mateus, mas isso vale para tudo e para todas as empresas?

Obviamente que não.

É aqui que você começa a entender por que o que estou te indicando hoje é uma janela única de oportunidade.

O Treinamento “Árvore da Riqueza”, além de tratar-se do maior Best Seller do GUIA INVEST, está sendo totalmente remodelado e é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores formas de aprender a “garimpar” este tipo de oportunidade.

E precisamente, até amanhã (dia 31/05), você poderá participar da pré-venda deste conteúdo e obter 63% de desconto sobre o preço que será comercializado no lançamento oficial.

Agora, a notícia ruim: são somente 50 vagas nesta condição!

Portanto, não perca tempo e faça do seu CONHECIMENTO, o principal combustível para os seus investimentos!

Sobre o autor

Mateus Weirich

Mateus Weirich

Graduado em Ciências Econômicas pela UFRGS.

Certificado pela ANCORD.

Investidor desde 2008.

Share This
Navegação
[d]
[d]
[d]
[d]