Passamos de Fase! | Carta do Economista - Focalise
Carta do Economista

Passamos de fase!

Debêntures
Mateus Weirich
Escrito por Mateus Weirich

Passamos de fase!

E não me refiro única e exclusivamente à nossa seleção que, após um bom jogo contra o México, avançou para as quartas-de-final da copa do mundo da Rússia. Me refiro também à matéria que saiu no jornal Valor Econômico nessa manhã de quarta-feira (04/07/218). Segue o link para quem tiver interesse…

A reportagem “Debêntures de infraestrutura passam de R$10 bi em 2018”, mostra que as emissões já alcançaram, neste ano, R$ 10,5 bilhões. Maior volume desde a criação da Lei 12.432, essa notícia é extremamente positiva para o país.

Além de incentivar o mercado de infraestrutura, mediante um instrumento que facilita a captação de recursos em uma das áreas que mais demandamos desenvolvimento no Brasil, ela aproxima o Mercado de Capitais dos investidores.

Ainda é uma aproximação modesta, uma vez que grande parte das emissões são destinados a investidores qualificados ou profissionais. Para muitos, a única janela de oportunidade é no mercado secundário. De qualquer forma, ela nos coloca em um novo patamar de alocação de recursos.

Isso porque esses ativos costumam propiciar boas taxas e com isenção fiscal (seu principal diferencial). Para quem tem interesse em aprofundar seus conhecimentos sobre as Debêntures Incentivadas, recomendo a leitura do artigo Afinal, o que são debêntures?.

Acredito que para composição de uma carteira de Renda Fixa, ter debêntures incentivadas pode sofisticar seu portfólio, tanto na parte de rentabilidade quanto na parte fiscal!

Boas leituras!

Sobre o autor

Mateus Weirich

Mateus Weirich

Graduado em Ciências Econômicas pela UFRGS.

Certificado pela ANCORD.

Investidor desde 2008.

Share This
Navegação
[d]
[d]
[d]
[d]